[PDF / Epub] ☉ Um Cappuccino Vermelho By Joel G. Gomes – Uroturk.info

Um Cappuccino Vermelho As Pessoas Que Conhecem Ricardo Neves Dividem Se Em Dois Grupos Os Que O Conhecem Como Autor De Policiais E Os Que O Conhecem Como Assassino ProfissionalRicardo Sempre Cuidou Para Que Estas Duas Facetas Da Sua Vida N O Misturassem Tudo Se Complica Quando Recebe Uma Lista De Alvos Demasiado Pr Ximos Do Seu Mundo De Escritor A Colis O Torna Se Inevit Vel E Ricardo N O Tem Como A Impedir Jo O Martins Um Escritor Com Prazos Para Cumprir E Sem Ideias Para Desenvolver At Que Tem A Ideia De Escrever Sobre Um Escritor Que Tamb M Assassino ProfissionalA Surpresa Acontece Quando Pessoas Sua Volta Come Am A Morrer Tal E Qual Ele Descreve No Seu Livro A D Vida Surge De Imediato Estar O As Mortes A Acontecer Porque Ele As Escreve Ou Ser Ele Um Mero Narrador De Eventos Predestinados A Acontecer Poss veis SPOILERS A trama do livro Um Cappuccino Vermelho gira volta de dois escritores o primeiro um assassino profissional com uma obsess o por caf , o segundo um escritor frustrado a lutar contra o seu presente bloqueio art stico A vida de ambos cruza se perante os olhos do leitor quando um n o nada mais do que o produto da fic o do outro, ou talvez n o A hist ria muito cativante e muito f cil ficarmos compelidos a l la sem parar at ltima p gina.Este livro de leitura leve, sem descri es exaustivas da ac o nem das personagens, e a trama tamb m n o complicada Aqui a ideologia do autor transparece de certo nas palavras da sua personagem Jo o, e passo a citar como autor procurava simplificar o que escrevia Uma hist ria muito complexa afasta alguns leitores, demasiado simples afasta outros Ele pretendia situar se no meio.No meu caso de leitora preferia que a hist ria fosse mais complexa, sobretudo se desse mais background s personagens antes da problem tica se apresentar Perder alguns cap tulos a contar perip cias da vida de uma personagem, mesmo que nada tenham a ver com a trama central do livro, ajuda na empatia com a mesma personagem No caso de Ricardo isso foi feito com a descri o da sua paix o pelo caf , os seus ideais contra a sociedade e o mundo no geral e os seus rituais de homic dio Mas o mesmo falta nas outras personagens Todo o livro parece tamb m que se desenrola demasiado depressa mas o tempo relativo, n o verdade De resto, a capa muito apelativa, bom trabalho do pessoal do grafismo.Esta edi o de autor tem os dois primeiros cap tulos do livro A Imagem , sequela de Um Cappuccino Vermelho. A ideia deste livro boa, o seu desenvolvimento que falhou Logo no come o, temos um infodump sobre caf N o lhe vi particular necessidade para o enredo, e a haver, mais valia guardar as informa es para mais tarde e ir inserindo as aos poucos, em vez de despejar tudo logo de imediato, naquele primeiro momento em que convinha cativar o leitor para dar uma oportunidade hist ria.Opini o completa em Esta a primeira cr tica que fa o N o costumo fazer cr ticas a livros n o por pregui a, mas porque sendo eu um escritor, as minhas palavras e opini es podem ser sempre interpretadas de forma incorrecta, pois posso apontar erros que eu mesmo terei dado Queria salientar que o que vou escrever a minha opini o como leitor, e nada mais Vale o que vale.Parti para a leitura deste livro com bastante curiosidade devido ao t tulo, que considero ser extremamente apelativo Devo dizer que tamb m a capa est muito bem conseguida O trocadilho do t tulo e os salpicos de sangue s o pormenores deliciosos.A escrita do Joel simples, directa e de f cil compreens o, algo que aprecio imenso Li este livro num dia devido a essa caracter stica e tamb m por ser um livro pequeno.Gostei da ideia geral do livro, embora j tivesse contactado com essa ideia noutra situa o Acho que o Joel poderia ter desenvolvido muito mais a hist ria, pois o que ficamos a saber das personagens praticamente nulo, exceptuando, talvez, o Ricardo Al m disso, achei a historia demasiado linear, sem qualquer reviravolta que surpreenda o leitor, e achei um pouco estranho que as palavras escritas do Jo o no seu livro fossem exactamente iguais s do pr prio livro, lidas anteriormente Senti que estava a ler coisas repetidas.Eu n o sou apreciador de grandes descri es, mas acho essencial ter um m nimo de descri o do espa o, nem que para isso se refira o nome do local se for conhecido Neste livro s numa ou outra situa o que temos alguma descri o e refer ncia ao local, o que acaba por me fazer sentir um pouco perdido ou deslocado durante a ac o, levando me, por vezes, a imaginar as personagens em espa os aleat rios.Gostei dos di logos e da forma como explicada a paix o do Ricardo pelo caf O final est um pouco confuso, mas creio que percebi a inten o Resumindo, o Joel tem uma escrita limpa, agrad vel, segura e bastante compreens vel, teve uma boa ideia para o livro, bons di logos, mas muito pouco desenvolvimento do potencial da hist ria que tinha entre m os Quando terminei o livro fiquei com o sentimento de que faltou algo, e isso deve se linearidade da hist ria.Gostei embora tenha a certeza de que poderia gostar mais , e espero que ele continue a evoluir, pois sinto que o Joel poder dar muito Real rating 2.5 BF Recebi a seguinte mensagem que passo a partilhar convosco As tr s estrelas s o atribu das por mim tendo em conta a totalidade da mensagem e n o apenas o excerto que aqui reproduzo Meu caro Joel Gomes j li o seu livro e devo dizer que fiquei agradavelmente impressionado Gostei do seu estilo directo e da sua verve liter ria, com bom ritmo e di logos trepidantes, sem demoras in teis nem truques suspensivos exagerados De uma forma geral est bem constru do, embora haja pontos em que o factor previsibilidade se fa a sentir De uma forma geral, um bom come o para um primeiro romance como diz o prov rbio latino, ex digito gigas, pelo dedo se conhece o gigante , com boa implanta o de cen rios e de sucess o de eventos, nota se a experi ncia de visualiza o de um guionista Ant nio de Macedo O n cleo da hist ria n o mau O conceito ovo galinha de tentar entender se a fic o que est a extravasar para a realidade ou o oposto, vale a pena e est bem constru do Ser Jo o um vidente ou simplesmente um Kira sem Death Note, com Ricardo como seu involunt rio shinigami King em Metade Sombria , assim como tantos outros escritores, j provaram que a fic o transbordar para a vida de quem a escreveu costuma ser um tema apelativo particularmente para outros escritores , este volume n o excep o Infelizmente o livro tem muito material para encher Ac es, divaga es e descri es desnecess rias, cuja nica fun o parece ser tornar o livro mais volumoso, mesmo que n o tenha sido essa a inten o do autor Entenda se, n o me importo de ser conduzido para um pequeno desvio, mas a paisagem tem de ser muito interessante, o que nem sempre foi o caso Acredito que devidamente polido hajam nestas p ginas potencial para mais Se houvesse possibilidade de dar lhe 2,8 ou 2,9 daria, mas 3 est fora de quest o, neste formato N o seria justo para os restantes 3 s. Review soon A 1 estrela n o significa que N O GOSTEI Significa que haver o tr s factores a considerar na cr tica no blogue Hist ria, complexidade e personagens Entendi o porqu de o livro ter sido recusado pelas editoras, espero na cr tica conseguir dar algumas hints para tornar o livro algo muito bom. PT Tenho de dizer que o livro come a mal, muito mal mesmo O infodump inicial sobre o caf longo e desapropriado Se eu quisesse ler um tratado sobre o caf , teria comprado um livro sobre a especialidade como fiz sobre o Whisky ou consultaria a Wikip dia Quando leio um livro de fic o, espero ler fic o Outro ponto negativo s o as descri es das ac es, t o pormenorizadas como in teis para o avan ar da hist ria s vezes salta descri es que podiam interessar aos leitores, o que gerou alguma frustra o Por fim, tem um problema de estrutura o pr logo era dispens vel e n o tem um entrela amento entre as personagens, indispens vel para motivar a leitura.Agora a parte positiva a ideia de misturar fic o com a realidade n o se esgota com facilidade, por isso um livro com esta premissa sempre agrad vel de se ler O final salva o livro Em resumo uma boa ideia, mas mal concretizada Espero que o autor melhore a sua t cnica e que nos possa presentear com as suas excelentes ideias. O final Se n o fosse o final era um excelente livro Poucas personagens, narrativa r pida e simples, trama cativante.Sinceramente acho que a parte final devia ter tido mais aten o


About the Author: Joel G. Gomes

Tamb m assino como Ricardo L Neves e Jo o Dias Martins.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *