[PDF / Epub] ✩ Short Movies ☉ Gonçalo M. Tavares – Uroturk.info

Short Movies Mais um livro na linha da escrita de O Bairro Gon alo M Tavares tem aud cia para arriscar e o grande m rito de criar colec es distintas Seja nos excelentes O Reino ou nos medianos, mas originais O Bairro , nos textos de investiga o ou nas Enciclop dias , a verdade que Gon alo M Tavares foge escrita comum e faz valer se disso Umas vezes a fuga resulta, outras n o.Mini Gui esEm Short Movies o autor anuncia uma nova ideia introdu es de cenas cinematogr ficas ou teatrais, apresentadas em jeito de gui o Dezenas de introdu es bastante bem delineadas, mas apenas um punhado delas interessantes Qui demasiadas sup rfluas, excessivas, desconexas, sensaboronas.Gon alo M Tavares tem a aud cia e o m rito de arriscar Gon alo M Tavares tem a sorte de pertencer a uma editora que permite que arrisque seja de que forma forUma corrida de velocidade Vemos o rosto de um corredor em grande plano O rosto de esfor o As sobrancelhas, a boca N o sabemos o que est a acontecer na corrida porque s vemos o grande plano do rosto de um corredor Acaba a corrida E porque continuamos apenas a ver um rosto, n o sabemos o que aconteceu quem perdeu, quem ganhou Nota 1.5 5.0 pois isto de ler livros para trabalhos nunca corre bem. Uma tremenda desilus o Acontece aos melhores Uma pedra no sapato que faz atrasar o longo caminho que dever percorrer at ao nobel Um dos piores livros que j li Deve ser o resultado de estarmos muito pr ximo do natal Muito mau mesmo. Um louco correndo em c rculos ao redor de uma mesa Seu rosto demonstra sua afli o Vemos em plano fechado o seu rosto e por um momento tudo est justificado Mas ainda assim um louco se sentindo perseguido, fugindo, correndo cada vez mais r pido ao redor de uma mesa.Gon alo Short Movies A FUGA ltima sinopse Tal como o t tulo do livro indica, Gon alo M Tavares traz nos neste livro um conjunto de pequenas hist rias, mesmo pequenas, algumas apenas ocupando meia p gina e as maiores no m ximo duas p ginas, mas todas elas s o como parte de um gui o de um filme, uma cena, com uma linguagem cinematogr fica, com planos e perspetivas, como se estiv ssemos atr s de uma c mara e com um narrador a descrever essa cena como se fosse uma voz off.S o igualmente hist rias ligeiramente surreais, estranhas, algumas delas desconcertantes, bem ao estilo de Gon alo M Tavares um livro que se l num instante, mais visual do de descritivo e mais uma prova que Gon alo M Tavares um dos mais talentosos escritores portugueses e que muito ainda nos h de surpreender. Algumas destas cenas cinematogr ficas, que se mesclam um pouco com o absurdo, s o interessantes Mas s algumas Um livro mediano para um excelente autor. Short Movies um livro composto por sessenta e nove micronarrativas ficcionarias que criam diversos planos cinematogr ficos, ou seja, o narrador carrega implicitamente uma c mara que orienta o leitor espetador nas mais diversas situa es A obra apresenta microfic es fragment rias de ndole subjetiva, o que leva o leitor tentar percebe las Atrav s de uma narra o e descri o detalhada, o leitor torna se espectador da a o e observa o movimento da c mara pelos mais diversos locais narrados.Com recurso po tica da brevidade, o narrador vem narrar as mais diversas situa es do quotidiano, criando revela es surpreendentes no final de cada microfic o Os contos encarnam de igual modo uma base de mostrativa que recria sec es de fotografias, produto direto da narra o que vem construir o sentido do texto. N O Se Percebe Se Est A Brincar Ou Se Est Assustado N O Se Percebe Se Sabe Nadar Porque O Plano Muito Pr Ximo E S Vemos Os Olhos O Homem De Boina Preta P Ra E P E Se De P A Gua D Lhe Pelos Joelhos Levanta Os Bra Os Em Sinal De Rendi O Mas Talvez O Seu Gesto N O Tenha Sido Percebido A Tempo Comecei a ler este livro, s o pequenos contos do Gon alo M Tavares, o primeiro chama se O Piano , come a assim Um piano com as teclas partidas, rodeado de gua, talvez um pequeno lago.O dono do piano chega at ele, com gua pelos tornozelos.A mulher e os filhos morreram na cat strofe, mas agora ele localizou o piano que, com o desabamento da casa, desaparecera Depois de passear pelo Bairro, aceitei o convite do senhor Tavares e fui ao cinema ler alguns filmes Hist rias fict cias que nunca aconteceram, mas poderiam ter acontecido Ou, quem sabe, n o vir o a acontecer, a deixarem ser textos de filmes e passarem a ser filmes mesmo Gostei.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *